Alunos lotaram o auditório da Dom Helder
Na tarde desta quinta-feira foi realizada mais uma sessão do projeto ‘Direito e Cinema’, com exibição do filme Django Livre, de Quentin Tarantino. Quem comandou a apresentação foi a Professora Helen Cristina de Almeida.

Helen abriu a sessão descatando alguns pontos do filme: "A ideia do autor do filme foi genial, pois ele é um filme agressivo, intenso e excessivo, de cenas, fotografia e ação, trabalhadas de uma forma bastante sutil;  é essa sutileza que nos traz um debate bastante interessante ao pensarmos na ideia de identidade e de igualdade. É basicamente um filme de vingança, ambientando num contexto norte americano de escravidão, próximo ao romper da Guerra de Seceção; a gente vai falar basicamente da história da liberdade de um escravo, que é o Django. Peço atenção à ideia de identidade e a segregação racial norte americana que é pautada na ideia de supremacia racial".

Após a exibição do filme, a Professora conduziu também o debate com os alunos.
 
Participação 

O evento valeu 3h de atividades complementares ao estudante que assistiu ao filme; e 4h ao estudante que, depois do filme, participou do debate. Somente foram validadas as horas dos estudantes que apresentaram, no início e no final da atividade, o comprovante da inscrição, que foi realizada no Portal do Aluno.

Sinopse

Django (Jamie Foxx) é um escravo liberto cujo passado brutal com seus antigos proprietários leva-o ao encontro do caçador de recompensas alemão Dr. King Schultz (Christoph Waltz). Schultz está em busca dos irmãos assassinos Brittle, e somente Django pode levá-lo a eles. O pouco ortodoxo Schultz compra Django com a promessa de libertá-lo quando tiver capturado os irmãos Brittle, vivos ou mortos.

Ao realizar seu plano, Schultz libera Django, embora os dois homens decidam continuar juntos. Desta vez, Schultz busca os criminosos mais perigosos do sul dos Estados Unidos com a ajuda de Django. Dotado de um notável talento de caçador, Django tem como objetivo principal encontrar e resgatar Broomhilda (Kerry Washington), sua esposa, que ele não vê desde que ela foi adquirida por outros proprietários, há muitos anos.